Vai concorrer a uma vaga de emprego? Confira dicas para cuidar da sua imagem nas redes sociais


A consultora de carreira sênior, Deisy Razzolini, afirma que empresas ficam de olho no Facebook de candidatos na hora da seleção, em entrevista para o jornal Zero Hora.

 

Quem nunca postou algo no Facebook e se arrependeu depois que atire a primeira pedra. Para muitos, a rede social é um ambiente de interação e descontração, já para as empresas, esses meios são uma boa oportunidade de analisar a postura de candidatos que estão concorrendo a uma vaga de emprego.

Segundo Patrícia Zettler, consultora da Solucionare Ações e Ideias em RH, as instituições costumam olhar o perfil dos concorrentes no Facebook porque nessa rede é possível encontrar algo mais informal a respeito do candidato, e esse processo pode até mesmo interferir na contratação. Patrícia cita o caso no qual uma empresa deixou de contratar uma pessoa pelos conteúdos inapropriados publicados na rede social.

A maioria das pessoas tem um time de futebol do coração, e quando um dos jogadores erra um gol, por exemplo, tem sempre alguém que acaba “xingando” o atleta na sua rede social. Outra situação que também ocorre é alguém publicar xingamento sobre o time adversário. Deisy Razzolini, consultora de carreira sênior da Produtive Carreira e Conexões com o Mercado, alerta que temas polêmicos sempre têm consequências.

— É importante cuidar publicações agressivas nas áreas de política e futebol — orienta Patrícia.

Uma dica, segundo Deisy, é usar grupos de WhatsApp ou grupos fechados no Facebook com amigos e família, nos quais é possível ter mais liberdade. A consultora compara a rede social a uma casa, onde sempre há pessoas batendo na porta, que seriam as solicitações de amizade.

— A página é como se fosse nossa casa, quando estamos sozinhos, estamos à vontade, mas quando tem visita, cuidamos nossa roupa e o que vamos falar — completa Deisy.

  • Cuidar das configurações de privacidade da conta

Você está em uma festa com um copo de bebida na mão, então, um amigo pega o celular, tira uma “selfie” com você e posta no Facebook, marcando o seu perfil. Quando alguém for tirar uma foto que não seja do seu celular, é importante ter cuidado e, neste caso, largar a bebida, já que você não terá controle de quem pode ver a imagem. Outra dica, segundo Deisy, é cuidar as configurações do seu Facebook, ajustando para que ninguém poste nada com seu perfil marcado, a menos que a publicação seja autorizada.

De acordo com Thaís Garzieira, sócia-diretora da Staff Recrutamento e Consultoria em RH, as empresas usam as redes sociais como ferramenta complementar na seleção de candidatos, para analisar a postura e os objetivos, principalmente de concorrentes a cargos de apresentação, como uma secretária executiva, por exemplo.

Durante uma viagem de férias em algum lugar bonito, com praias paradisíacas, por exemplo, é comum tirar uma foto com traje de banho e postar nas redes sociais. Com relação a fotografias postadas no Facebook, Thaís aconselha tirar a opção “modo público” e deixar a visualização aberta somente para família e amigos. Já quando se trata de artigos e conquistas profissionais ou acadêmicas, estes podem ser compartilhados em “modo público”.

— Na medida em que o profissional se sente protagonista da sua carreira, ele consegue ter discernimento do que pode ser público — afirma.

O conselho de Thaís, tanto para estagiários quanto para executivos, é fazer bom uso dos valores, pois assim como existem empresas mais flexíveis, há também as que são mais criteriosas. Segundo ela, a pessoa pode se expor, mas deve fazer isso de forma pontual.

— Nós construímos nossa carreira o tempo todo — ressalta.

permalink | enviar por email
Solicite mais informações

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone (obrigatório)

Unidade Produtive de preferência (obrigatório)

Assunto (obrigatório)

Sua mensagem (obrigatório)

close
Contact us