Tag Archives: inovação

Time diverso impacta diretamente nas vendas

A Gerente de Operações da Produtive, Tatiana Lemke, ,fala sobre os benefícios de um time diversos nas empresas para a HSM.

————

Levantamento da consultoria McKinsey mostra que companhias com maior diversidade de gênero tem 21% mais chances de apresentar resultados a cima da média do mercado

Diversidade tem sido a palavra usada com frequência nas principais empresas. Segundo um estudo realizado pela consultoria McKinsey com mais de mil empresas em 12 países, times de executivos com maior variedade de perfils dão mais lucro ao negócio. O levantamento aponta que organizações com maior diversidade de gênero têm 21% mais chances de apresentar melhores resultados, e as com maior diversidade cultural e étnica, 33%.

“Quando a empresa tem diversidade tanto de gênero, quanto de cultura, nacionalidade e classe social, tem mais ideias e inovação circulando”, diz Tatiana Lemke, gerente de produções da Produtive, consultoria de transição e planejamento de carreira. De acordo com ela, quanto mais diversificada é a equipe, mais contribuições para melhorar o negócio a empresa tem, o que impacta diretamente nos resultados. “Quando todos os executivos são iguais, você fica dentro de uma caixa que te deixa obsoleto”, ressalta.

Mas, para que todo esse trabalho seja efetivo, a estratégia de diversidade precisa estar na agenda da liderança, com ações de conscientização com os líderes sobre a importância da diversidade para o negócio. E há muito benefícios. Nos Estados Unidos diversidade é sinônimo de inovação. Por lá, além dos critérios tradicionais de um processo seletivo, as empresas consideram raça, gênero, país de origem e orientação sexual. Para elas, permitir um ambiente de aprendizado diverso enriquece o conteúdo das discussões, já que pessoas de diferentes contextos trazem pontos de vista nem sempre óbvios para a equipe.

O fim da hierarquia

O Zero Hora de hoje traz novo artigo de Rafael Souto, CEO da Produtive, que questiona se as  estruturas atuais de trabalho favorecem a inovação buscadas pelas empresas.

 

A discussão sobre a necessidade de inovar nos negócios segue constantemente na agenda das empresas.

O tema, de fato, exige reflexão. Muitas empresas sucumbiram diante das mudanças nos negócios. Boa parte delas naufragou na incapacidade de acompanhar as transformações do mercado.

Para que as mudanças ocorram, no entanto, precisamos de pessoas que impulsionem a organização rumo ao novo.

Mas será que as estruturas atuais de trabalho favorecem essas mudanças?

Tenho a convicção de que não, porque ainda vivemos imersos em modelos hierárquicos tradicionais que engessam o fluxo de ideias e o espaço de contribuição das pessoas. Os modelos piramidais baseados no poder, emanado do topo, pouco favorecem a inovação.

Algumas empresas já fizeram profundas revoluções nesse modelo, entre elas cito duas grandes companhias norte-americanas que são Zappos e Amazon. Nelas, a hierarquia clássica deixou de existir. Um exemplo disso é que os colaboradores trabalham em grupos e projetos. A valorização está na entrega das atividades e não no cargo que ocupam.

Isso pode parecer uma realidade bem distante da maioria das organizações. Mas é um sinal dos novos tempos.

Por isso, se quisermos falar em inovação e contarmos com pessoas talentosas, teremos de repensar a forma de trabalho.

A hierarquia do futuro será baseada no potencial de contribuição das pessoas e não no peso do seu cargo na estrutura. E, caso não seja possível extinguir completamente o modelo tradicional, precisaremos construir sistemas híbridos. Nesses modelos mistos, o desafio será mapear as contribuições que as pessoas querem e podem oferecer e, a partir desse olhar, organizar espaços para que elas possam se desenvolver na empresa.

Não acredito em retenção de talentos. Isso porque os profissionais talentosos não são retidos e sim engajados quando percebem que podem contribuir e têm perspectivas de desenvolvimento na empresa. Essa realidade só será possível quando oxigenarmos nossas lideranças e substituirmos o modelo de comando e controle para um sistema mais construtivista. As melhores ideias e projetos precisam ter voz, independente de quem as constrói.

Um estudo recente da consultoria Gartner, revelou que 52% das pessoas deixam as empresas quando não percebem oportunidades de carreira e reconhecimento.

As organizações que, realmente, quiserem inovar devem começar revisando suas estruturas e seu desenho organizacional. Para os amantes da hierarquia rígida e da disciplina como filosofia de gestão, restará o árduo sabor de ficar gerindo as pessoas menos inovadoras e com o deprimente hábito de agradar o chefe.

Produtive participa do Programa de Incubadora do Sebrae-SP – Março 2018

A Produtive participou da primeira rodada de Mentoria para o Programa Incubadora do Sebrae-SP e do CIETEC-USP como uma das empresas que aconselhou alguns dos empreendedores da capital paulista.

Representada pela consultora de carreira sênior, Marcia Oliveira, que ofereceu orientações sobre ampliação de rede de networking e construção de marca pessoal atrelada ao negócio, a empresa viabilizou a participação de três executivos de segmentos diversificados, também como mentores, que deram informações de mercado e recomendações em relação aos negócios.

Para Marcia, é importante que o profissional, que esteja em transição ou mesmo empregado, perceba esses eventos como uma proposta de valor. “Pensando no conceito de trabalhabilidade, novas ideias e oportunidades podem surgir nessa experimentação, além de ser um meio para aumentar e fomentar a rede de contatos”.

Cleber Kouyomdjian, executivo de desenvolvimento de negócios e um dos mentores do projeto, comenta que a troca foi muito rica e agregadora. “Poder ajudar esses profissionais que possuem ideias e produtos muito interessantes, e oferecer uma visão estratégica de negócio, ajudando-os a perceber os riscos e a responder questões que eles ainda não tinham refletido, foi de grande valia. “É fundamental esse apoio para não ter o projeto prejudicado na largada”, recomenda.

Segundo o diretor de TI, Elcio Tarallo, a mentoria é uma experiência positiva para os dois lados. “O mais bacana foi perceber que as recomendações foram válidas e que as outras visões apresentadas para quem está mergulhado na criação de uma empresa dão outro sentido ao negócio”, afirma. Esse trabalho, de acordo com o mentor, proporciona novas conexões que, certamente, beneficiarão os empreendedores participantes, e também é uma oportunidade de conhecer novas ideias e pessoas interessantes.

“Sempre existe uma troca, porque a nossa expertise é generalista e os mentorados chegam com demandas específicas”, explica o executivo de agenciamento marítimo, logística e transporte multimodal, Ronaldo Moraes. Com esta visão, ele diz que é possível proporcionar um olhar mais amplo para os projetos. Além disso, Moraes reforça que a contribuição que o Sebrae oferece é muito completa e fazer parte desse movimento é uma oportunidade incrível.

Adicionais a esta, a Produtive e os executivos convidados participarão de mais quatro sessões de mentorias seguindo com o objetivo de orientar a construção de valor comercial de projetos inovadores de tecnologia a empresários que já estão no mercado há alguns anos.

 

NOVIDADE EMPREENDEDORA

Se você se interessa em saber mais sobre esse trabalho, o Sebrae acaba de inaugurar o Centro Nacional de Referência em Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa no Palácio dos Campos Elíseos, prédio histórico localizado na área central de São Paulo. O Centro será um “hub” de empreendedores e projetos ligados a tecnologia, inovação e criatividade, com ações voltadas à produção e disseminação de conhecimento em um ambiente aberto à integração.

INSIGHTS EM EVENTO

Entre os dias 7 e 10 de abril, será realizada a 7ª edição da Feira do Empreendedor do Sebrae-SP no pavilhão de Exposições do Anhembi. O evento reunirá expositores e consultores e é uma excelente oportunidade para quem quer se atualizar, conhecer novas ideias de negócios ,fazer contatos, além de oferecer serviços, novos produtos e soluções para melhorar a empresa. As inscrições podem ser realizadas clicando aqui