Especialização garante salários até 90% mais altos


A consultora de carreira sênior da Produtive, Marcia Oliveira, discorre sobre a questão da especialização para o jornal Gazeta do Povo.

—–

Quanto mais especializações um profissional possui maior a chance de conseguir melhores empregos e salários mais altos.

Quando, em 2015, o advogado Andrhei Castilho Simioni fez sua primeira pós-graduação o resultado veio rápido: recebeu um aumento na remuneração de 7,5%. Hoje, ele cursa simultaneamente uma especialização na área de Direito e o MBA em Administração Pública, na Uninter. “Os conhecimentos adquiridos na especialização já estou aplicando no meu trabalho atual. Com o MBA o objetivo é me preparar para um cargo de gestão no futuro. Hoje, o profissional que quer se destacar precisa estar continuamente se qualificando, não dá para parar na primeira especialização.”

Casos como o de Andrhei estão cada vez mais comuns. O diretor da Escola Superior de Gestão, Comunicação e Negócios da Uninter, Elton Ivan Schneider, explica que, considerando mercados como o de Curitiba e de grandes cidades, a pós-graduação já passou a ser um pré-requisito para quem quer encontrar uma boa vaga de emprego ou para os que almejam uma ascensão no trabalho. “Possuir uma especialização é um diferencial para concorrer às novas vagas, conquistar um cargo de chefia ou mesmo negociar um aumento.”, diz Schneider.

Além disso, observamos um cenário atual no qual o conhecimento muda muito rapidamente, exigindo atualização constante e contínua dos profissionais. “Pouco tempo atrás, as pessoas esperavam alguns anos após formadas para iniciar uma pós-graduação, hoje é comum que isso seja feito quase que sequencialmente. Não dá mais para deixar o tempo passar”.

Além dessa característica, a pós-graduação também é a oportunidade de realizar troca de experiências e de aumentar os contatos profissionais. “Durante o curso, o aluno irá ampliar a rede de relacionamentos. Com isso, é comum que consigam melhores oportunidades ainda durante o curso. Acontece muito de um colega indicar outro para uma oportunidade na empresa em que trabalha, por exemplo”, aponta Schneider.

Salários mais altos

Quando falamos de remuneração a importância da especialização fica ainda mais evidente. Segundo a última pesquisa salarial da Catho Online, de agosto de 2017, diretores e gerentes com pós-graduação ou MBA ganham 90% a mais do que os que concluíram apenas a graduação. No cargo de consultor e especialista a diferença também é grande: 85%.

Esse aumento tende a ser contínuo ao longo da carreira. Um estudo da consultoria Produtive observou, no período de um ano, que os profissionais graduados tiveram um acréscimo de 4,8% no salário nesse período, enquanto os que possuíam uma pós-graduação viram um aumento de 14,1% em sua remuneração e os com mais de uma especialização tiveram seus salários acrescidos em 17%. “O ganho acaba sendo consequência do melhor desempenho, alcançado pelo aumento do conhecimento técnico”, reforça Marcia Oliveira, que é consultora de carreira sênior da Produtive.

Marcia ressalta, ainda, que tanto o setor público quanto a iniciativa privada possuem políticas de remuneração que privilegiam a atualização constante do profissional. “Empresas de grande porte costumam ter regras e políticas de RH mais definidas. Com isso, as especializações são, sim, requisitos que melhoram a exposição e a chance de alcançar um cargo melhor.”

Quem deve buscar uma especialização

Os cursos de especialização trazem, em geral, perfis diferentes de alunos: o profissional que já está estável na carreira e quer buscar um conhecimento de interesse, muitas vezes fora da sua área de atuação; o que busca capacitação para conseguir um emprego e os que já estão no mercado, mas precisam potencializar sua carreira.

Schneider aponta também outro perfil de aluno da pós-graduação: quem está em busca de uma mudança de área. “Embora os cursos de especialização não habilitem a exercer uma nova profissão, em alguns casos possibilitam um redirecionamento de carreira dentro de uma mesma área de conhecimento”.

Para escolher o curso de pós-graduação mais indicado para sua necessidade, o profissional deve considerar seus objetivos de carreira. “É preciso procurar uma especialização na área em que quer se aperfeiçoar, visando alcançar determinado cargo. É isso que irá determinar o tipo de curso mais indicado entre especialização, pós-graduação, MBA, mestrado ou doutorado”, explica Schneider.

permalink | enviar por email
Atendimento via WhatsApp
Solicite mais informações

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone (obrigatório)

Unidade Produtive de preferência (obrigatório)

Assunto (obrigatório)

Empresa (obrigatório)

Possui curso superior?

Cargo / Posição

Área de atuação

Objetivo

Último cargo ocupado

Linkedin

Anexar Currículo

Sua mensagem (obrigatório)

close
Contact us