Como lidar bem com as mudanças na vida profissional


Francis Nakada, Consultor de Carreira Sênior da Produtive, fala sobre como lidar com as mudanças na vida profissional em entrevista ao portal Vivo Seu Dinheiro:

Você já passou por momentos de mudanças na vida profissional em que não sabia para que lado seguir? Dilemas como “concurso público x empresa privada” ou “carreira empresarial x abrir o próprio negócio” são comuns para todos aqueles que projetam um futuro bem-sucedido.

8 dicas para definir mudanças na vida profissional

Em momento de indefinição profissional, é importante pesar situações para evitar tomar uma decisão precipitada. O consultor de carreiras sênior Francis Nakada, da Produtive Gestão de Carreira e Outplacement, listou alguns pontos que podem ajudá-lo a fazer a transição com maior segurança. Confira:

1. Transcenda a profissão

Nakada lembra que a carreira deve transcender o aspecto profissional. “O lado pessoal, profissional, familiar e social devem convergir”, ensina. Portanto, avalie se todos esses pontos estão de acordo com suas opções.

2. Some em vez de dividir

Até mesmo as questões mais subjetivas têm um pouco de matemática. O consultor de carreiras sustenta que, ao menos na fase inicial de transição na vida profissional, é importante seguir os dois caminhos paralelamente.

É importante substituir o “ou” pelo “e”, ou seja, não apenas decidir por “esta ou aquela profissão” mas praticar “esta e aquela” de forma simultânea. “É uma forma de conhecer a nova profissão e ter um período de adaptação”, argumenta.

3. Busque conhecimento

Se você pretende entrar em um mercado que ainda não conhece, busque a experiência de quem já desenvolve atividades na área. “E não apenas o lado positivo. Saber o que deu errado é fundamental para conhecer melhor a nova área e buscar atalhos”, adverte Nakada.

4. Tenha disciplina

Se você tem dificuldade nessa área, é melhor buscar formas de se aprimorar. Para conseguir efetivar a transição, há uma demanda diferente – e muito mais intensa – na etapa inicial. Por isso, a disciplina é fundamental para que você consiga se organizar até atingir os resultados desejados.

5. Estabeleça prioridades

Quando se tem 25 anos, as prioridades são diferentes de quando se chega aos 45. Portanto, identifique as necessidades que você tem. É importante ter clareza para decidir o que é melhor para você.

6. Planeje o prazo

A transição não ocorre da noite para o dia. Ela tem um ciclo de maturação. Assim, é necessário verificar o prazo médio para a realização. Para citar um exemplo, o tempo médio de estudo para um concurso público concorrido é de dois anos de dedicação intensa.

7. Conheça os pedágios

Nakada lembra que há alguns pedágios envolvidos na trajetória de mudança e que devem ser colocados na balança. Menos tempo de convívio familiar e remuneração menor são alguns deles.

8. Procure uma fonte alternativa de renda

Um conselho que vale para todos – mesmo para quem não deseja mudar de rumo profissional – é procurar uma fonte alternativa de renda. “Hoje não se pode depender apenas de um trabalho, por diversas razões. E para concluir seu objetivo, é importante ter uma segunda fonte de renda”, avalia.

permalink | enviar por email
Solicite mais informações

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone (obrigatório)

Unidade Produtive de preferência (obrigatório)

Assunto (obrigatório)

Empresa (obrigatório)

Possui curso superior?

Cargo / Posição

Área de atuação

Objetivo

Último cargo ocupado

Linkedin

Anexar Currículo

Sua mensagem (obrigatório)

close
Contact us