Atividade extra de fim de semana pode ajudar em tempos de crise


vivo seu dinheiro
Matéria com entrevista de Fernando Camilher, Consultor de Fontes Alternativas de Renda da Produtive, publicada no portal Vivo Seu Dinheiro:

Seu salário costuma acabar antes do mês? Essa já é uma situação comum para muitos brasileiros. Afinal, a inflação em alta consome seu suado dinheirinho bem mais cedo que o esperado. Segundo especialistas, uma atividade extra pode ser a saída para não entrar no vermelho.

“É muito comum, em determinadas faixas de renda e em algumas profissões específicas, as pessoas fazerem os tradicionais bicos, desde um trabalho como segurança ou cuidados de pessoas enfermas em casa”, destaca Fernando Camilher, consultor de Fontes Alternativas de Renda da Produtive Carreira e Conexões com o Mercado.

O consultor explica que até mesmo cuidar de filhos dos vizinhos, transformando a casa em uma verdadeira creche, é um fato comum, sobretudo nas periferias, onde a renda não permite pagar uma escola ou não há serviço público.

“Na verdade, quase todo mundo com um pouco de imaginação consegue prover algum produto ou serviço de forma esporádica para aumentar a renda”, opina ele. “Os exemplos mais clássicos são as pessoas da área de construção, que em seus dias livres continuam construindo, ou a dona de casa que faz ovos de Páscoa, trufas, bolos e outras guloseimas nos fins de semana para vender a amigos e colegas de trabalho”, completa.

Como encontrar uma atividade extra

Nem sempre é preciso quebrar a cabeça para encontrar uma atividade que gere renda extra. Camilher aponta que sua própria profissão pode oferecer a possibilidade de complementar seu salário, mas de maneira particular.

A lista de opções de atividade extra é grande. Um advogado pode gerar contratos (ou promover acordos) fora do dia a dia de seu escritório. Uma professora pode dar aulas de reforço fora da escola. Alguns engenheiros constroem casas no final de semana, longe da construtora que é sua empregadora.

Quer mais exemplos? Um jornalista pode ter um blog particular e um publicitário pode fazer logomarcas fora de sua agência. Já um administrador pode dar consultorias de final de semana para pequenos empresários com dificuldades de controle em seus negócios.

Em outras palavras, quase sempre há uma forma de embalar carinhosamente o que você faz, de maneira a entregar um produto ou serviço a um público com necessidade específicas e, de quebra, aumentar sua renda. “Os valores, porém, vão depender do tipo de atividade”, lembra o consultor.

Diversificação é uma tendência

Ter uma segunda fonte de renda, conforme Camilher, é sempre interessante. Por isso, é importante explorar as possibilidades. Às vezes, você tem outras habilidades que não as de seu trabalho diário.

“Se você gosta de mecânica, pode consertar motos em sua garagem no final de semana. Ou sempre quis ser marceneiro e tem uma bem montada marcenaria que faz móveis para toda a vizinhança no seu tempo livre”, exemplifica.

O consultor lembra de um antigo ditado, que diz que “não é bom colocar todos os ovos em uma só cesta”. Ela aconselha pensar nisso: quem sabe a sua outra habilidade, guardada no armário há tantos anos, possa gerar uma renda extra e, no futuro, se transformar em um negócio rentável e prazeroso?

Até mesmo a atividade que você faz todo dia para seu empregador pode ser vendida separadamente, no seu tempo livre, à noite ou final de semana. “Talvez aí esteja a saída mais sustentável do seu cheque especial ou de suas dívidas”, finaliza.

permalink | enviar por email
Atendimento via WhatsApp
Solicite mais informações

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone (obrigatório)

Unidade Produtive de preferência (obrigatório)

Assunto (obrigatório)

Empresa (obrigatório)

Possui curso superior?

Cargo / Posição

Área de atuação

Objetivo

Último cargo ocupado

Linkedin

Anexar Currículo

Sua mensagem (obrigatório)

close
Contact us